1 de mai de 2015

Canelonis perfeitos de beringela


Esta é uma receita bem simples.

Você só precisará se ajeitar com a tal da beringela... fazendo lâminas e deixando-as marinar para que fiquem macias.

O recheio? Você inventa! Um creme de sementes oleagionsas germinadas está valendo. Outra sugestão é usar a receita de Babaganoush  (creme de beringela com amendoim germinado que nós ensinamos aqui).

O girassol sem casca também é uma boa pedida. Vamos ensinar nesta receita, ok?

Então, vamos lá!

Ingredientes:

1 beringela
1 punhado de hortelã
1 pontinha de pimenta fresca dedo de moça
1 limão
sal
 azeite

Modo de fazer:

Você pode descascar a beringela, se quiser. A casca é muito fibrosa. Aqui eu usei com casca, porque me deu essa vontade na cabeça. rs

Bem, é necessário um fatiador de legumes para fazer as lâminas de beringela. Assim, é certo de que ficarão bem fininhas...



Então, você desliza a beringela no fatiador de legumes. De baixo para cima, no sentido vertical. É meio enrolado no início, mas você pega o ritmo. Quando ficar difícil de um lado, vire do outro e continue.

Agora, deixe as lâminas de molho no limão, sal e azeite. Elas precisam ficar mais escuras e macias. Deixe-as descansar!


Para fazer um creme com girassol sem casca, use um processador pequeno e ligue a função pulsar até virar um creme homogêneo. O ideal é que não se use água.

Se o seu processador for fraco, não vai ter jeito de creme...

Então melhor apelar para o liquificador mesmo. Coloque um dedinho mínimo de água, que é para ajudar a bater sem dissolver o sabor maravilhoso do girassol. Se quiser, use uma cenoura para servir de socador (como se fosse um pilão). Com o liquificador ligado, bata com a cenoura para ajudar a hélice a rodar e transformar suas sementes germinadas em um creme de textura especial.

Tempere o creme com gotas de limão, hortelã picadinho, sal e azeite.

Agora, recheie as nossas amigas beringelas. Com todo o cuidado para não borrar tudo, tá!


Nossa! Como ficam lindas... rs



Que o Anjo do Apetite esteja ao seu lado quando você for comer canelonis!

Com carinho,

Aline Chaves
Pesquisadora dos ciclos alimentares e alquimista de vegetais vivos


Um comentário :

  1. Que prazer "passear" pelo seu blog! Estou cada vez mais voltada a alimentação saudável (de verdade) e aqui está sendo uma inspiração muito boa para receitas saborosas! Parabéns!

    ResponderExcluir

Olá!

Escreva aqui o seu comentário sobre a postagem.

Alimentação Viva: um outro estilo de viver

Afinal, o que é Alimentação Viva para você?  Para nós, não se trata de um hábito alimentar, muito menos de uma dieta. A Alimentação...

Jovens postagens

.

O conteúdo deste blog é ofertado aos leitores que desejam aprimorar-se nas práticas da Alimentação Viva e inspirar-se no estilo de vida ecológico.

Agradeço de profundo coração os compartilhamentos que CO-LABORAM para divulgar este trabalho, citando as respectivas fontes e autoria!

Aqui mora um pequeno resumo dos muitos anos dedicados à pesquisa, onde uso o meu próprio corpo como experimento.

Peço gentilmente que não utilizem as nossas publicações para fins comerciais. Só porque não vale à pena promover-se financeiramente às custas do esforço e criatividade alheios.

A Vida vem da Vida!

Com carinho,

Aline Chaves
A moça que planta nas panelas

Licença Creative Commons
Panelas de Capim de Aline Almeida Chaves está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.
Baseado no trabalho disponível em http://panelasdecapim.blogspot.com.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

O que tem dentro das Panelas de Capim?