26 de set de 2014

As lindas gramas de Alpiste!

Além de lindas, são superpoderosas!!!!

Já dissemos em outras postagens, mas vale à pena repetir...

As grandes estrelas da Alimentação Viva são os alimentos biogênicos:

sementes germinadas e brotos
 (alimentos que aumentam a vida existente dentro de nós)


Eis a grande reflexão a respeito do consumo de alimentos biogênicos: 

Estamos assumindo uma pequena parcela de responsabilidade pelo nosso próprio sustento... 

Isso significa dizer que, se você quiser incluir sementes germinadas e brotos na sua vida, inevitavelmente, terá que produzi-los... rs

A força poderosa dos brotos


Brotos são pequenas plântulas que representam o início do crescimento vegetal. Nestes pequenos seres, há uma concentração de grandes reservas energéticas para que, algum dia, possam tornar-se um adulto da sua espécie. Está tudo concentrado ali: energia vital, disposição, vitalidade, vontade de encarar a vida com entusiasmo...

Isso não é o máximo?

A pesquisadora e pioneira da Alimentação Viva, Dra. Ann Wigmore, mergulhou a fundo nos conceitos e predicados das famosas gramas de trigo. Descobriu fontes de curas inesgotáveis, além de sensações de alegria e prazer maravilhosas provocadas pela força biogênica de um dos alimentos mais alcalinos do planeta.

Isso ocorre, pois nas jovens gramas temos, em síntese, um remédio e um alimento.

Em função de suas enormes reservas de clorofila (muito superiores à qualquer planta adulta), o consumo de brotos gera uma enorme capacidade de desintoxicação, o que provoca a limpeza e a regeneração do sistema digestivo debilitado.

Os estudos feitos com as gramas de trigo constataram que a energia da vida se amplia cada vez mais, e com mais força, na medida em que o corpo torna-se mais limpo por dentro.

Agora, venhamos e convenhamos... Pouca gente estuda e fala sobre a grama do alpiste!!!

Por sinal, um broto muito simpático, constituído nos mesmos moldes da grama de trigo...

Eis uma grande oportunidade para inspirá-lo a pesquisar
a força regenerativa das gramas de alpiste em si mesmo!
 Que tal?

Modo de fazer


1. Coloque as sementes de alpiste  na água

Passo 1: Ao acordar pela manhã, pegue um vidro coberto com filó e elástico. Coloque uma xícara de sementes secas. Lavar o vidro com as sementes, pelo menos, 5 vezes debaixo da torneira. Lave bem! Depois, deixe-as de molho na água até o final do dia (mais ou menos 8 horas de molho). 
 
Passo 2: passado o período de molho, retirar a água e lavar mais 5 vezes. 

2. Plante as sementes hidratadas de alpiste 


Em um potinho com terra de quintal (ou húmus de minhoca), coloque uma pequena quantidade com as sementes de alpiste que foram hidratadas e espalhe com as pontinhas dos dedos transformando a superfície do pote em um mar de sementes vivas.

Plantei em um bambu cortado ao meio.

Regue diariamente!

Porém, não excessivamente. Os brotos são seres delicados. Crianças em fase de crescimento. Jogar água demais pode ocasionar fungos! Sombra demasiada, também.

A luz indireta com um solzinho pela manhã é o ideal para cultivar seus brotos!

Sugestão para regador: 
O regador tem que ter pouquíssima saída de água. Você pode fazer uns 4 ou 5 furinhos (furar com um martelo e prego) na tampa de uma garrafa pet e usá-la como regador.

É rosa? rsrs

4 dias de vida

Sim, é a grama do AMOR!

1 semana de vida (repare que o potinho não precisa ser muito fundo)
Em 1 semana, sua linda GRAMA do AMOR está pronta! Rosinha, Rosinha!

Produzir brotos é uma forma de adquirir intimidade e aproximar-se dos processos de criação da vida, ainda que você faça isso na varandinha do seu apartamento.


Dúvidas?



Como vou economizar minha grana, consumindo minha grama?


Pare de comprar aquele monte de folhas idosas em excesso! rs
Plante grama de alpiste e incremente o suco de clorofila (clique aqui e aprenda)!

Quer saber mais detalhes sobre a brotação e, de quebra, conhecer outras sementes que fazem outros brotos?

Então, vamos "brotar para quebrar". Por gentileza, clique aqui!


Com o carinho do coração,


Aline Chaves

Pesquisadora dos Ciclos Alimentares e Alquimista de Vegetais Vivos

11 comentários :

  1. Olá Aline,
    Gratidão pelo teu tempo e doação de conhecimento.
    O broto de alpiste posso consumir quantas vezes após cortar? O broto de trigo corto 3 vezes.
    Gratidão,
    Ilka

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ilka!!

      Muito agradecida pela delicada mensagem... Comentários como os seus sempre enriquecem o post! Gratidão...

      Tudo depende da terra onde plantamos. Quanto melhor a terra, mais vezes colhemos a grama. Depende também do lugar onde vivemos, mais seco ou úmido. Mais frio ou calor.

      Por isso, dizemos que produzir brotos é envolver-se em na silenciosa pesquisa da observação...

      Não existe uma resposta pronta para todos, de um só jeito... Temos que fazer e nos apropriar desta prática, para então descobrirmos tudo o que ela tem para nos oferecer.

      Aqui em casa, normalmente, o alpiste cresce apenas uma segunda vez após o corte da grama.

      Agora, tenta aí no ecossistema da sua casa...

      beijos

      Excluir
  2. [e s[o deixar de molho ? nao tem que esperar ela brotar ? sair o narizinho . e quanto ah terra , se tiver um monte de plantas em um lugar eh porque aquela terra tem nutrientes ou seja serve pra plantar ? posso pegar qualquer terra assim em qualquer lugar da cidade ?

    e precisa realmente fazer esse tal suco ou eu posso s[o cortar as folhas e comer mesmo ?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Leonardo!!!

      Que bom saber que está animado!!! Vamos à suas respostas:

      Não precisa germinar o alpiste?

      Aqui, fizemos uma exemplificação com o alpiste hidratado. Porém, não há problema nenhum que você plante suas gramas com alpistes germinados. Pelo contrário, só vai contribuir para colher seus brotos mais rápido.

      Em dias de calor, o alpiste demora uma média de 36 horas para germinar.

      A hidratação são apenas 8 horas na água e o restante dos dias na bandejinha com terra, regando diariamente. Você decide qual o melhor processo aí na sua casa!


      Qual terra é melhor para plantar brotos?

      Veja bem... rsrs A melhor terra, como disse na postagem, é terra de quintal. De preferência, aquela que fica embaixo de uma árvore frondosa, cheia de folhas secas por cima!!!

      Quando eu morava na cidade, não tinha terra em casa. Literalmente, descobri que eu era uma sem-terra urbana! rs procura terra em terrenos baldios para plantar. Meus brotos eram lindos.

      Agora, tem que ser um lugar que seu coração aceite. Sem lixo, sem vazamento de esgoto. Tem que ter aparência agradável, compreende?

      Outra opção é o húmus de minhoca comprado em lojas de plantas.

      Beber a grama no Suco?

      Sim, é fundamental beber a grama em um suco coado no voal. Nosso aparelho digestivo não digere grama. (estou lhe dizendo isso porque já testei... e observei os resultados em mim rsrs)

      Uma outra opção é mastigar muito bem a grama e cuspir o bagaço... Mas, não é tão agradável como beber um suco mais maravilhoso do mundo, né?

      Agora é contigo!

      Boas pesquisas para você!

      Excluir
  3. Oi Aline!!!!! :)

    Iniciando na alimentação viva... Imensurável amor!!!

    A grama do alpiste é linda! Estou germinando! Rs. Despertando, aprendendo, observando...

    Paz e Luz!

    Eni.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Eni!!!

      É muito amor mesmo!!! Haja coração com tanta belezura!!!

      Nesse momento, estamos todos buscando uma purificação, que certamente vai muito além do prato de comida...

      É um resgate da nossa sensibilidade pelas coisas puras!!!

      beijos

      Excluir
  4. Oi Aline, fadinha da floresta. Nao e so brincadeira, parece mesmo. rsrsrs.
    Aline, eu sempre notei nas gramas de trigo q tenho cultivado na terra ou no ar, sempre a presença de pequenos mosquitinhos, sempre rodeando. Mudo os recipientes de lugar é a mesma coisa.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Querida!

      Nem te conto que durante alguns anos meu apelido era FadAline. rsrsrs

      Pois bem, menina... AS GRAMAS!!!! Que danados de mosquitinhos serão estes?

      Normalmente, as drosófilas ficam encantadas com as sementes germinadas (depois procura nas imagens do google com este nome para confirmar...). Elas apreciam muito a umidade!!!!

      Todavia, eu não costumo ver drosófilas em brotos. Pelo que você me conta, acredito que deve estar plantando estas sementes de trigo germinadas com o nariz muito grande... É disso que as drosófilas gostam!

      Normalmente, cultivamos apenas gramas na Terra, tá!

      Este um processo muito mais saudável, uma vez que os brotos no ar não são para qualquer tipo de semente (veja lá na sua apostila, rs).

      A questão é que quando a semente cresce além do narizinho pequeno... Ela começa a prolongar demais o processo da germinação no ar e entra em stresse dentro do vidro. O que normalmente atrai estes insetos é a vitalidade das sementes diminuindo...

      Outra possibilidade é você estar regando demais estes brotos! Sim, porque os tais mosquitinhos são loucos por excesso de umidade.

      Minha dica é plantar sementes hidratadas ou no início do processo da germinação. Pode jogar uma camadinha de terra fina para escondê-las dos tais visitantes.

      Regar de forma bem dosada com poucas gotinhas 1 vez ao dia. No máximo 2 vezes ao dia em dias excessivamente quentes.

      Tenta aí!

      Beijocas

      Excluir
  5. Olá Aline!
    Eu já plantava grama de alpiste para minhas calopsitas, agora vou plantar para mim também!

    ResponderExcluir
  6. Oi grata por nos compartilhar seus conhecimentos! Queria lhe fazer uma pergunta! Posso utilizar as sementes de alpiste que vende no mercado? Ou tem algum site q vc possa me indicar! Gratidão! ������

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, May!

      É metodologia da realidade. O melhor alpiste do mundo é o que mora no mercadinho da esquina mais próxima da sua casa.

      Brincadeirinha! Compre em pequenas quantidades e faça o teste de germinação. Mas, o resto é verdade, quanto mais simples, mais perto da sua realidade, melhor!

      Sucesso!

      Excluir

Olá!

Escreva aqui o seu comentário sobre a postagem.

Alimentação Viva: um outro estilo de viver

Afinal, o que é Alimentação Viva para você?  Para nós, não se trata de um hábito alimentar, muito menos de uma dieta. A Alimentação...

Jovens postagens

.

O conteúdo deste blog é ofertado aos leitores que desejam aprimorar-se nas práticas da Alimentação Viva e inspirar-se no estilo de vida ecológico.

Agradeço de profundo coração os compartilhamentos que CO-LABORAM para divulgar este trabalho, citando as respectivas fontes e autoria!

Aqui mora um pequeno resumo dos muitos anos dedicados à pesquisa, onde uso o meu próprio corpo como experimento.

Peço gentilmente que não utilizem as nossas publicações para fins comerciais. Só porque não vale à pena promover-se financeiramente às custas do esforço e criatividade alheios.

A Vida vem da Vida!

Com carinho,

Aline Chaves
A moça que planta nas panelas

Licença Creative Commons
Panelas de Capim de Aline Almeida Chaves está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.
Baseado no trabalho disponível em http://panelasdecapim.blogspot.com.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

O que tem dentro das Panelas de Capim?

Voe para o nosso Site!

Voe para o nosso Site!
www.panelasdecapim.com.br