9 de nov de 2013

Leites vegetais e vitaminas com sementes germinadas

Somos os únicos mamíferos que pedem leite após a infância. Aliás, isso é uma incompreensão, tendo em vista que leite bom mesmo... é LEITE MATERNO!

Todavia, Mãe Terra é uma sábia provedora e generosa. Para ela sempre seremos criancinhas, mesmo na idade adulta. De modo permanente, ela oferece leites com todas as informações contidas no seu corpo magnífico.


Vamos tomar leite da Terra? 

Depois, ainda rola fazer umas vitaminas... Que tal?

DICAS GERAIS para criar os seus próprios leites vegetais

com sementes germinadas?

  


Com alegria e fé na vida,

Aline Chaves
Pesquisadora dos Ciclos Alimentares e Alquimista de Vegetais Vivos

Da esquerda para direita: amendoim, aveia, amêndoas e alpiste

41 comentários :

  1. Que legal, Aline! Você escreve com amor!
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tem razão, Kenia!!!

      Só muito amor para me deixar sentada na frente do com-puro-amor...
      (computador não dá né! rs)

      Excluir
  2. Olá Aline, que maravilha de blog!!!

    Você deu a dica de usar banana passa na receita, achei incrível, mas te pergunto, como faço banana passa em casa, dá pra fazer ? encontrei na net só no microondas...

    Beijos!
    Angela

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Angela! Agradecida pelo carinho...

      As bananas passas estão à venda em mercados, lojas de produtos naturais e casas especializadas...

      Para fazer banana passa em casa será necessário em desidratador (solar ou elétrico).

      O processo de desidratação equivale a retirar as águas que moram dentro das frutas. Esta retirada de águas ocorre com a circulação de ar quente. Como as bananas têm muitas águas, demoram um pouco para secar, mas quando desidratam ficam uma beleza para adoçar!!!

      Microoondas não desidrata bananas! Ele as superaquece e cozinha... Isso não é interessante para quem quer comer alimento vivo (vegetais com campos de energia preservados).

      beijos

      Excluir
  3. Olá! Muuuito interessante!
    Gostaria de saber quanto tempo após fazer eu devo tomar, se posso armazenar durante o dia, e se é possível dar para um bebê, tendo em vista que ele se alimenta de leite materno, fórmula como complemento, além de outros alimentos. ele tem 7 meses. Muito obrigada!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Cláudia!

      Alimento Vivo é puro, fresco e imediato... É a comida do AQUI e AGORA! Fazemos o leite e bebemos, senão ele decanta, escorre para o fundo do copo e oxida...

      Sobre os bebês, tenho uma amiga que dava mamadeira de sementes de amêndoas germinadas (pouquíssimas sementes, bem pouco mesmo) com banana. Bate banana com água e coa no coador feito com tecido voal. Depois engrossa o líquido com a banana d´água (ou nanica), que dá consistência e doçura.

      Ainda não tive filhos, então tenho pouca vivência com bebês! Mas, vá criando a sua experiência e depois conta pra gente, tá!

      beijinhos

      Excluir
  4. Ao descobri este amado site, acabo de descobri minha nutricionista,Aline Chaves. Estou usando suas receitas para encarar as Maratonas que participo...Suas palavras tem energias, que somada a da Mãe Terra, vem nos abençoar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Reges!!!

      Que bom que gostou das Panelas de Capim! Fico feliz que elas te sirvam de inspiração... Ainda mais para encarar maratonas!

      Grande força para você!

      p.s. de nutricionista não tenho nem a sombra, rs! Minha formação é em Direito.

      Excluir
  5. Guria, tu és um arraso!

    Estou aprendendo muito contigo. Comecei com a alimentação viva há pouco tempo, depois de fazer um curso rápido com o Dr. Alberto Peribanez. Na minha modesta opinião, as tuas receitas (e o carinho com que são explicadas) fazem do teu blog uma das principais referências sobre o assunto. Parabéns! Namastê!

    Beijo no coração,

    Paulliny

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Paulliny!!!

      Agradecida pelas palavras e por retribuir o carinho que coloco nas postagens... rs

      beijos e boa semana

      Excluir
  6. Bom dia Aline!!

    Parabéns por essa página abençoada, com vivências maravilhosas. Gratidão por compartilhar!
    Sou vegetariana, e só agora tomei conhecimento sobre Alimentação Viva, achei fantástico, estou muito interessada em aprender sobre ela.
    Gostaria que tirasse uma dúvida que tenho, sobre o Mel. ele é utilizado na Alimentação Viva?
    Que a Luz Amorosa do nosso criador, brilhe cada vez mais sobre vc.

    Grata.

    Namastê.


    Fátima meirelles.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Fátima!!!

      A luz amorosa chegou aqui, querida!!! Veio brilhando com intensidade e beleza... Agradecida, tá!

      Muita gente fala muita coisa sobre o mel, mas no fundo ele é a espetacular culinária preparada pelas abelhas! Isso quer dizer que o mel tá valendo na Alimentação Viva, mas aprecie com moderação!

      A questão maior é ter acesso ao mel que seja produzido de forma ecológica e responsável com nossas irmãs, as abelhas... e seus ecossistemas de origem.

      Mesmo assim, utilizo com só de vez em quando e de quando em vez. Aliás, sabe porque o mel é uma "comida chique"? Para comer sem exagero.

      1. Para não sobrecarregar as abelhas com os excessos que nós criamos para as nossas vidas.

      2. Porque o mel acidifica o corpo e com a Alimentação Viva, tudo que nós queremos é ser mais alcalinos como a terra fértil.

      Então, se quiser comer doces com frequência abuse das frutas frescas e secas... porque estão cheias das bioinformações terrestres.

      com carinho,

      Excluir
  7. Bom dia flor , sensacional as dicas de todos leites .
    Paz, saude, luz , gratidão, e bençãos a sua vida .
    Abraços amada Aline .

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gratidão, Roseli!!!

      Paz na vida!

      Muitas bençãos para ti também!

      Excluir
  8. SENSACIONAL .OUVINDO UM GOSTOSA ONDA DE MANTRAS POSITIVOS E LENDO ESTAS RECEITAS ..NOSSA VIAJANDO NO CÓSMICO .. ME PROJETEI NA 4ªDIMENSÃO NAMASTê

    ResponderExcluir
  9. Parabéns pelo blog. Excelentes postagens.

    Posso usar a centrífuga em lugar do liquidificador + voal?

    Obrigado e um caloroso abraço!

    ResponderExcluir
  10. Oi Murilo! Gratidão!!!

    Você pode tudo!

    Não há nada melhor do que a gente fazer o que gosta e do jeito de gosta. A atividade tem que ser prazerosa! Use sua liberdade com boas pitadas de criatividade...

    Eu , particularmente, nunca tive a ousadia de usar centrífuga.

    Primeiro, porque são vários objetos agarrados uns nos outros e dá uma trabalheira danada para lavar aquilo tudo, todos os dias. Prefiro o coador de voal com liquidificador.

    Segundo, porque aquele maquinário todo é menos uma oportunidade de você estabelecer contato diretos com os seus alimentos. O coador de voal te permite fazer transmutação biológica, pois estimula uma conversa entre as células vivas das suas mãos com as células vivas dos vegetais que você vai comer.

    Terceiro, porque a centrífuga não tira todo o líquido. Fica muita coisa ali dentro daquele monte de bagacinho.

    O coador de voal é tecnologia de lavadeira. rs Você aperta com vontade... e toma o leite mais gostoso do mundo!

    Sucesso!

    ResponderExcluir
  11. Maravilha...eu amo leite de vaca e estava triste pq não sabia como fazer pra desmamar...rss agora aprendi que Deus te abençoe muito...bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vivaaaa!!!!

      Linda notícia...

      Sucesso nas experiências!!!

      Excluir
  12. Inspirada na sua postagem, fiz meu primeiro leite vegetal hoje.
    Ao leite de amêndoas acrescentei banana e nibs de cacau para nascer uma vitamina deliciosa!
    Muito obrigada, meu anjo!

    ResponderExcluir
  13. Queria te agradecer muito pela tua generosidade em ensinar com tanto amor teus conhecimentos. Grata por tudo isso. Voce tá quietinha, sem internet, mas espero que um dia vc me responda.
    beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Florzinha!

      Quanta delicadeza!!! Grata pela sua amorosidade...

      Um forte abraço para ti!

      Excluir
  14. Uma das melhores matérias que já li sobre leites vegetais. Ainda irei ler este site inteiro. Agora, conseguirei fazer um leite de aveia adequado. E muitas outras receitas. Obrigado!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Rogério!

      Gratidão!!! De coração mesmo...

      Aqui é tudo feito com muito carinho e comentários, como este seu, enchem este blog de alegria!!!!

      Felicidades e muita Luz no seu caminho!

      Excluir
  15. Aline, muito obrigada por poder conhecer você. Fiquei emocionada ao ler seu depoimento e estou já preparando um vidro aqui em casa e vou germinar sementes. Acabei de completar 50 anos e sinceramente estou sofrendo de uma descrença generalizada, em mim e no tudo que esta fora, ainda mais. Preciso fazer alguma coisa, urgentemente para melhorar de fato e você foi inspiradora. Gostaria de perguntar sobre dicas de onde conseguir boas sementes para germinar, pois não posso comprá-las na Agroavícola, você sabe.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Rita!!!

      Que grande alegria saber da sua inspiração... Respirar uma nova vida é sempre muito importante para acalentar a alma!!!

      Eu fico muito feliz de fazer parte deste processo...

      Boas sementes para germinar? É importante primeiro saber quais sementes você vai germinar...

      Portanto, sugiro que você leia o nosso post: Guia para Germinação de Sementes Comestíveis. http://panelasdecapim.blogspot.com/2013/04/vamos-germinar.html

      Leia e depois aprofunde-se nos posts de germinação: AR - ÁGUA - TERRA, onde descrevemos quais sementes usar e onde encontrá-las...

      Também temos uma Apostila mão na roda para iniciantes, chamada: Alimentação Por Onde Começar?

      Boa pesquisa para você!!!

      Viva as muDANÇAS que navegam nosso ser!!!

      Excluir
  16. Aline obrigada por passar seu conhecimento com tanto carinho. Eu gostaria de saber se a semente de girassol é a mesma comprada para papagaio, em loja para animais?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É sim!!! Prefira o girassol miúdo...

      Vá sem medo de ser feliz!

      beijo

      Excluir
  17. Olá, meu nome é Luiz Henrique. Parabéns pelo blog! Deveria tê-lo consultado antes. Agora estou com uma dúvida cruel! Fiz um leite de amendoim germinado e ele ficou mais de 24h. neste processo. Dizem que o amendoim tem uma toxina que se desenvolve quando ele está úmido. E agora, estou correndo risco ao ingerir esse leite?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Luiz Henrique!

      Agradeço o carinho com o blog!

      Então, vamos lá! Comida viva é comida desperta. Você germina semente, faz o leite e bebe. Não guarda nada. Planeja para que seja tudo consumido fresco e com VITALIDADE.

      VITALIDADE é a palavra chave!
      As sementes de amendoim germinam com uma média de 34 a 36 horas.


      Sobre a toxina do amendoim... Ah! O povo gosta de falar do tal amendoim. Bem, quando o amendoim é germinado (germinação de sementes no ar), e cresce um pouco além da medida, o narizinho da semente deixou de ser só uma pontinha pequena e cresceu demais... Aí, ele começa a ficar tóxico. Não é mais saudável.

      O lance da germinação é a brevidade. Tem que ser cuidadoso e atento. O risco que corremos é de comer sementes que passaram do tempo adequado de consumo. Perdem a VITALIDADE. Ficam feias, pegajosas, com fungos e drosófilas (aqueles mosquitinhos que gostam de banana madura). Não vale à pena!

      Isso é uma mudança de paradigma com a qual temos que aprender a conviver. O mistério da Alimentação Viva é aprender a viver no presente. Planejar, germinar e fazer. Nunca deixar para depois...

      Um leite se sementes germinadas com 24 horas de idade perdeu a vida. Esses oxidam em 10 a 15 minutos.

      Nesse caso, qual a finalidade de estocar uma bebida nestas condições? Se perde a vitalidade, perde o sentido e, principalmente, o motivo inicial: a vida presente na germinação.

      Espero ter auxiliado na sua pesquisa!

      Com carinho,

      Excluir
  18. "dorei" demais... seu trabalho é lindo, magnifico... quero arrumar tempo para ler muito mais coisas... inté :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Êba!!!! Gratidão!

      Desejo uma excelente pesquisa!!!

      Inté :)

      Excluir
  19. Olá, boa tarde, tira uma dúvida... Dizem que o leite de amendoim cru e germinado amarga pouco, tenho um filho de 6 anos com leucemia e muito debilitado, optei pela alimentação crua e a doença deu uma freiada. Estou aprendendo muita coisa, porém pra criança é mais difícil agradar... Esse leite de amendoim, foi recomendado colocar em água pra ferver por dois minutos e desliga...existe essa possibilidade? Agradeço pela informações contidas nesse blog.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá!

      Se o amendoim está germinado, quando você ferver o leite automaticamente eliminará as enzimas digestivas do amendoim e, por via de regra, a energia vital contida nestas sementes...

      O que você poderia fazer é AMORnar o leite de sementes germinadas (só por uma questão de memória afetiva do paladar. Nada mais!).

      Isso significa mais AMOR do que calor. Não pode esquentar mais do que 43º. Mexa bem dentro de uma panelinha de ágata (ou vidro ou inóx ou barro). Use a sua mão como termômetro do fogo que mantém a vida. Quando estiver morninho, sem machucar é porque está pronto.

      Boas experiências para vocês!
      Confiança na natureza, sempre!

      Excluir
  20. o leite de coco fica com o mesmo gosto daquele comprado em supermercado?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Flor!

      Que pergunta interessante, moça!

      Eu estou aqui achando a maior graça, porque nem me lembro como era o leite do côco que mora no mercado!

      Olha, uma coisa te digo! Com certeza, o leite feito pelas suas mãos será muito mais saboroso! Sim, porque as pontas dos seus dedos imprimem informações do seu próprio corpo sobre o alimento que você prepara. O nome disso é transmutação biológica.

      Outra coisa, é que a água estruturada (moléculas de água organizadas) está presente mesmo na polpa dura do côco seco. O Côco é uma verdadeira semente viva, um embrião de árvore que aprendeu tudo sobre ventos, chuvas, produção de água doce e vida ensolarada. Não precisa de aditivos químicos, nem de conservantes, estabilizantes. É a própria vida que está ali, ativada e em transformação! Experimente se alimentar dessas bioinformações ali guardadas.

      Outra coisa, é a energia vital que habita na semente de côco viva e poderosa! Caixinha nenhuma de mercado tem esse valor...

      A vida vem da vida!

      Um beijão para você!

      Excluir

Olá!

Escreva aqui o seu comentário sobre a postagem.

Alimentação Viva: um outro estilo de viver

Afinal, o que é Alimentação Viva para você?  Para nós, não se trata de um hábito alimentar, muito menos de uma dieta. A Alimentação...

Jovens postagens

.

O conteúdo deste blog é ofertado aos leitores que desejam aprimorar-se nas práticas da Alimentação Viva e inspirar-se no estilo de vida ecológico.

Agradeço de profundo coração os compartilhamentos que CO-LABORAM para divulgar este trabalho, citando as respectivas fontes e autoria!

Aqui mora um pequeno resumo dos muitos anos dedicados à pesquisa, onde uso o meu próprio corpo como experimento.

Peço gentilmente que não utilizem as nossas publicações para fins comerciais. Só porque não vale à pena promover-se financeiramente às custas do esforço e criatividade alheios.

A Vida vem da Vida!

Com carinho,

Aline Chaves
A moça que planta nas panelas

Licença Creative Commons
Panelas de Capim de Aline Almeida Chaves está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.
Baseado no trabalho disponível em http://panelasdecapim.blogspot.com.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

O que tem dentro das Panelas de Capim?

Voe para o nosso Site!

Voe para o nosso Site!
www.panelasdecapim.com.br