4 de mar. de 2020

Para cada pergunta sem respota, nasce uma planta no seu quintal!

Nasce sim!!!

Outro dia, fui surpreendida, lindamente!!! Bem aqui, no meu jardim mágico...



Eu sou muito amiga das flores! Aqui no jardim, é uma festa comestível de flores. Além de comer pequenas flores, também interajo com os aromas essenciais contidos em seus pólens. Pois, a gente naturalmente se alimenta disso, quando respira profundamente junto com o orvalho das manhãs...

Recentemente, vivi uma experiência incrível! Quero compartilhar com você. Nasceu uma flor nova aqui no jardim (estou postando aqui, as fotos dela)...

Eu gosto de dizer que sou colecionadora de Cosmos!!!! Sabe aquela florzinha colorida? 
Aqui tem Cosmos rosa bebê, amarelo sol, amarelo florescente, laranja, bicolor e vermelho.

Então, nasceu o rosa pink! Sozinho, sem eu plantar... Essa cor pink representa a fusão do violeta (as frequências celestiais) com o vermelho (as frequências de ancoramento na Terra).

Para mim, foi um presente incrível da natureza, de Deus, de tudo o que existe! Uma fusão entre o Céu e a Terra. Faz pouco tempo que essa flor apareceu.

Então, a gente fica meio assim. Afinal, esse tipo de dádiva milagrosa, a gente recebe sempre para uma finalidade maior, não é mesmo?

Qual a mensagem dessas plantas, que nascem espontâneas, para nós?

Podem lhe retirar o status, a liberdade e até a vida. Podem levar todos os bens que você acumulou, ao longo da sua existência.

Podem roubar tudo de você. Mas, não podem retirar nem uma gota do seu conhecimento, da sua experiência ou da sua liberdade criativa. Ninguém pode apagar a chama viva da sua essência, além de você mesmo!



A natureza ouve tudo o que você sente. Ela é uma parte de você!

A natureza ouve todas as suas perguntas interiores. Ela consegue escutar tudo o que respira profundo dentro de você. Eu ouve a sua respiração, a sua vibração, a sua pulsação.

Existe uma sagrada natureza, para além de todos os condicionamentos e limitações que você mesmo inventa para afastar-se do essencial.

Então, porque as plantas espontâneas chegam até nós? Por que elas nascem sozinhas, em lugares tão próximos à nós?

Para te dizer que a sabedoria da vida é ilimitada! Por isso, a natureza consegue enxergar além das entrelinhas, multiplicar sem precisar de números e viver sem precisar de tensões, ansiedades ou aflições.

Essa sabedoria da vida é soberana e humilde, ao mesmo tempo. Pois, conhece, respeita e admira tudo que é parte de sua Grande Unidade.

As plantas nascem envolta da tua casa, para te lembrar que você é parte disso!

É por isso que as plantas originais chegam até nós! Elas querem nos mostrar que estamos vivendo sem alma, dentro de em uma cultura previsível, linear e homogênea.

Por isso, você se questiona, duvida, reclama! Mas, no íntimo de seu mais profundo Ser, tudo sente... Que essa vida poderia fazer muito mais sentido, ser mais coerente e convincente do que a maioria das respostas que já chegam prontas até você.

Portanto, apenas saiba que: para cada pergunta sem resposta, nasce uma planta no seu quintal!

Sem a luz da essência, você morre por dentro!

Todos nós recebemos o dom do livre arbítrio. Para isso, fomos honrados com os dons da intenção e da escolha. Acontece que nos degradamos profundamente, quando escolhemos nos afastar da própria essência.

Sem a luz da essência, morremos por dentro! Perdermos o nosso próprio equilíbrio. Sem essência, somos transformados em seres ordinários, projetados para encaixar dentro de um padrão de massificação. Um processo de desapropriação da autenticidade que torna nossas vidas insaciáveis e nossas almas famintas.

Acontece que ninguém aqui é vítima de nada! A vida se manifesta como uma benção para todos nós. Somos criadores da nossa própria realidade! Falta-nos apenas conhecimento sobre nós mesmos, para que possamos aprender a conviver com nossos próprios limites e potências.

É isso que nos afasta de nossa própria grandeza! É isso o que nos impede de ver a luz de nossa própria essência. No fundo, todos nós sabemos que nascemos para viver de um jeito fabuloso, ao descobrir-se no melhor dos mundos.

Então, sinceramente! Eu recebo esse chamado das plantas espontâneas como uma confirmação para continuar a minha pesquisa. Seguir minha inspiração interior. Para continuar a tocar o coração das pessoas, através do meu poder de comunicação.

Convido você a viver essa realidade. Dizer que é possível conhecer e viver uma vida real, dentro de um mundo real. Um mundo onde tudo é possível!

Com Amor,
Aline Chaves

Encontre-me, também, no Instagram: @iluminessencia 

www.iluminessencia.com

Alimentação Viva: um outro estilo de viver

Afinal, o que é Alimentação Viva para você?  Para nós, não se trata de um hábito alimentar, muito menos de uma dieta. A Alimentação...

Jovens postagens

.

Desde maio de 2017, não publico mais no Blog Panelas de Capim! Criei um novo espaço virtual para compartilhar minhas melhores inspirações...

Deixo aqui este blog como espaço de memória e referência. Aqui mora um pequeno resumo dos muitos anos dedicados à pesquisa, onde usei (aliás, ainda uso) o meu próprio corpo como experimento.


O conteúdo deste blog é, portanto, ofertado a todos aqueles que desejam aprimorar-se nas práticas da Alimentação Viva e inspirar-se no estilo de vida ecológico.

Peço gentilmente que não utilizem as nossas publicações para fins comerciais. Só porque não vale à pena promover-se financeiramente às custas do esforço e criatividade alheios.

A Vida vem da Vida!

Com carinho,

Aline Chaves
A moça que planta nas panelas

Licença Creative Commons
Panelas de Capim de Aline Almeida Chaves está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.
Baseado no trabalho disponível em http://panelasdecapim.blogspot.com.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

O que tem dentro das Panelas de Capim?