23 de jan de 2015

Sarau de Leitura: a história da Helga!

"Querida Aline!!
Faz tempo que espero esse momento.
Momento para compartilhar minha experiência do que chamo de "Salto Quântico na vida"!!

Bem, minha história começou com o nascimento de minha 2a filha, aos 45 anos de idade!! Quando Sofia nasceu, em 2010, percebi que minha vida iria mudar totalmente e realmente, eu estava disposta à fazê-lo.
Larguei meu trabalho de pesquisadora na Universidade Federal de Itajubá, onde trabalhava em um grupo de pesquisa em exploração de petróleo.

Sinceramente, eu não aguenta mais, me sentia tão mal ... parecia que estava sugando o sangue de um ser vivo, minha querida Mãe Terra!!!

Decidi com meu companheiro em largar tudo e írmos morar no sítio que temos, fica a 11 km da cidade que morava, Itajubá. Minha 1a filha, Camille, não gostou nada, uma adolescente entrando na faculdade. Ela preferiu ficar na cidade. Tudo bem, temos que respeitar as escolhas de todos, principalmente de nossos filhos!! E lá fomos nós três vivermos no sítio... Foi um grande desafio, mas adorei todo minuto que passei por lá!!!

Tive que correr atrás de todo conhecimento, foi então que percebi que não sabia nada de nada ... e me disse: "Puxa vida, como sou ignorante, com tanto conhecimento de engenharia e tão pouco sobre a interação com a terra". Para dizer a verdade, eu não entendia o porque das pessoas falarem sobre a Mãe Terra!!!

Foi então que tive um encontro com a Permacultura, com a Agroecologia, Alimentação Viva, Água Solarizada, Meditação, Mantras, enfim tantos segredos simples e tão antigos na sabedoria do homem. Esses conhecimentos foram cansativamente pesquisados pela internet, dias e noites!!!

Começei a mudar totalmente de vida, começei a germinar minhas sementes, plantar minhas verduras, começei minha horta orgânica, adquiri uma composteira, hoje sou amante das minhocas, fizemos um círculo de bananeira para a água que sai da pia da cozinha, fizemos um filtro biológico para a saída de água da máquina de lavar roupas e com essa água filtrada regamos as flores do sítio. Percebi quanto "lixo" geramos e logo iniciamos a separação de nossos resíduos para entregar nos postos de reciclagem, também começei a mudar minha relação com os produtos de limpeza, higiênicos e cosméticos, preferi dar mais atenção a isso e resolvi fazer meus próprios absorventes, paninhos da vovó, mas todo moderninho.

Com essas atitudes o único lixo que temos são os papéis higiênicos, que tenho a intenção de fazer uma composteira somente para eles, visto que só tem papéis com os nossos xixizinhos!!! Os restos de todos os alimentos vão para a composteira que ilumina nosso chão com o húmus.

Hoje entendo e sinto o porque de se dizer Mãe Terra!!

Vista do Jardim Comestível da Helga
Tenho tanta gratidão por estar nesse estágio de minha vida, mas confesso que tive que trabalhar muito dentro de mim para romper paradigmas e preconceitos.

Estou ainda em processo de transição!!!!

Estudo e trabalho muito para um salto quântico, para elevar uma oitava na vida!!!

Esse ano de 2014 voltamos para a cidade, foi em abril, outono chegando!!!
A filhinha tá crescendo e optamos por voltar para a cidade, e todo o conhecimento que adquiri foi para a casa da cidade!

Temos aquecedor de água, captação de água de chuva, lâmpadas LED na casa toda, a casa tem janelas grandes, optamos por colocar cascalho ao redor da casa e não concretarmos, mas casa é simples e prática.
Como não pude mais morar no sítio, então resolvi trazer um pedacinho do sítio para nossa casa.


E ai começou a operação jardim comestível ... da terra vermelha que ficou da construção da casa surgiu um lindo jardim comestível. Impressionante... tudo começou a brotar e olha que estávamos no inverno, mas o segredo foi a água de chuva.

Sempre brinco que chove todas as tardes em minha casa. Amigos vem nos visitar e levam um pepino, uns tomatinhos, couves para casa deles, é uma lembrancinha da Mãe Terra.

Uma mangueira está desabrochando, pêssegos, bananas, pitanga, laranja e limões também fazem parte do encanto. Na calçada brotam duas quaresmeiras e cresce no muro uma linda hera para que ele fique todo verdinho, naturalmente!!! De repente, cresce um maracujá, pepino, e nossa maravilhosa melancia.

As sementes vieram todas do húmus das minhas minhocas, não plantei nada. Confesso que ganhei mudinhas de pimentão, pimenta, alho poró, mugango, e de beringelas.

Ervas ... temos bastante, hortelã, menta, poejo, manjericão, tomilho, salsinhas, cebolinhas, coentro, estévia, alecrim, cânfora, capim-limão, citronela, etc.

Hoje, quando olho pela minha janela, vejo beija-flores vindo beijar os beijinhos da espiral de ervas e diversos pássaros dando uma passeadinha pelo jardim, abelhas de todos os tipos, grandes, pequenas, claras e escuras, sinto uma paz tão grande no meu coração e queria doar essa paz para todos e principalmente para nossa querida Mãe Terra!

Planos para o futuro?
Sim, muitos!!!
Todos conectados com a Transição Quântica de minha vida!

Essa é uma rápida e sintética descrição de minha mudança de vida, de abertura para a conscientização maior da conexão entre os seres humanos, os seres vivos, os seres angelicais, e com a Mãe Terra. Que agradeço todos os dias por minha vida!

Gratidão pela oportunidade de repartir minha história com você!

Grande beijo e fique em Paz!!!"

Por Helga Gonzaga Martins

Gostou? Quer contribuir com seu depoimento vivo?

Escreva para nós! Participe do Sarau de Leitura das Panelas de Capim!!!

Quer saber como faz? Visite:
http://panelasdecapim.blogspot.com/2014/12/sarau-de-leitura-sua-historia-nas.html

.

PANELAS DE CAPIM POSSUI TEXTOS, RECEITAS E FOTOS COM PRODUÇÃO AUTORAL.

POR AMOR...

SE QUISER COMPARTILHAR, DIVULGAR E ESPALHAR sem interesse comercial, O CONTEÚDO DESTE BLOG, INFORME O ENDEREÇO DA NOSSA PÁGINA COMO REFERÊNCIA.

PROFUNDAMENTE AGRADECIDA!

ALINE CHAVES, a moça que planta nas panelas.

.

Licença Creative Commons
Panelas de Capim de Aline Almeida Chaves está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.
Baseado no trabalho disponível em http://panelasdecapim.blogspot.com.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

O que tem dentro das Panelas de Capim?

Por onde começar?

Por onde começar?
Apostila para iniciantes na Alimentação Viva.

Um outro estilo de viver!