15 de mai de 2015

Abrace o seu tempo! Algumas dicas para entrar no ritmo da Alimentação Viva

Este blog possui a tarefa de estimular pesquisas e descobertas sobre nós: os seres humanos.

Do tempo circular (da natureza) ao tempo linear (urbano-tecnológico). 
 Seres humanos são todos aqueles que deixaram de ser simples!!!


Há muito tempo, abandonamos um dos hábitos mais amorosos de nossos ancestrais: preparar a própria comida em sintonia com valores que sustentam uma boa trajetória, uma boa história e uma boa saúde.

 Só que a falta de "tempo" matou o "tempero"
de fazer bem a si mesmo.

Portanto, estar atento aos sinais do próprio corpo jamais será possível se você ainda estiver "correndo"...

Apresentamos a Alimentação Viva como meio de resgatar:
 a simplicidade, o tempo e os temperos
(tudo junto, rs)

Simplicidade é ter tempo para si mesmo. Um tipo de tempo que não se perde, só se ganha. Poucos percebem que diminuir o próprio ritmo é uma forma de autocuidado. Coisa rara para quem vive em uma sociedade de massas, onde os tempos, os anseios e as certezas tendem a ser padronizados.

Para fazer bem a si mesmo é necessário, antes, apropriar-se da própria vida para descobrir os ritmos internos.

Portanto, não submeta-se, em demasiado, ao que o sistema cultural te impõe como padrão de normalidade!
 

Alimentação Bioenergética  para Todos!



Cadê seu tempo para praticar Alimentação Viva?


Praticar Alimentação Viva é reconhecer frescor e vitalidade nos alimentos. Uma oportunidade, altamente desintoxicante, de conectar-se com as energias da terra!

Seu corpo recebe e re-conhece o milagre da vida, ativa núcleos internos de força e re-generação. Isso tudo acontece bem no instante em que você está manipulando seu alimento. Tudo em questão de segundos...

E você não tem tempo (nem tempero) para deixar isso acontecer?

Tempo no trabalho


Se você trabalha em um lugar que não dá inspiração para cruzinhar. Leve pronto de casa! Olha aí acima o enfeite perfeito para a marmitinha... 

Em combinação com uma saladinha fresca, sementes germinadas e brotos de ar, os fermentados fazem a festa e te alimentam de uma forma impressionante.


Viver no presente



Para concretizar a muDANÇA é necessário viver mais no presente...

Portanto, não se afobe! Não tenha pressa. 

Observe o tempo da natureza que vive em você!


Observe o tempo da natureza, o crescimento, o amadurecimento, o desabrochar... Tudo tem seu ritmo próprio. Você também tem o seu tempo certo de acontecer!

É tempo de viver!


Precisamos romper com a sensação de que temos que resolver tudo, neste exato momento. Criar ritmo é organizar o tempo e praticar... dia após dia, uma nova história!


Você constrói o caminho do seu jeito, com suas nuances e performances. Ele ficará mais lindo e charmoso, assim: fazendo-te feliz... dentro das suas possibilidades.

E tem mais!!! Nunca se force a fazer algo contra a sua natureza.

No exercício do autoconhecimento, um dia você se descobre por inteiro e encontra a sua medida! Aí, é que ninguém te segura!

Abra as janelas do AGORA e perceba a realidade como tudo aquilo que tem à sua frente. Receba o seu presente. Nada mais!

Observe a sua liberdade interior, aquela que está dormindo aí dentro!

Converse com o seu Tempo... Diga a ele que é tempo de viver! 


"A possibilidade concreta de se libertar dos ciclos naturais através da tecnologia se reflete na transformação do conceito de tempo, que deixa de seguir o ciclo das estações climáticas e passa a refletir a sequência linear de projetos e experiências individuais." (Eneida Duarte Gaspar). 

Com carinho do fundo do peito,

Aline Chaves
Educadora para sustentabilidade

Apostila
Alimentação Viva: Por Onde Começar?

O objetivo de todo ser saudável é adquirir mais vida, sempre! Por isso, nosso chamado interno insiste tanto por mudanças. A Alimentação Viva transcende o conceito de alimento e apresenta uma pesquisa culinária baseada na vitalidade dos campos sutis. Valoriza os vegetais como são oferecidos na natureza: crus. Inaugura um novo conceito de horta doméstica: sementes germinadas e brotos. Estimula a renovação do sangue pelo consumo da Clorofila. Dispensa gastos excessivos, acúmulos e estoque de alimentos em geladeiras. Definitivamente, sua vida nunca mais será a mesma!

5 comentários :

  1. Esplêndido! É o mesmo que entrar em contato com o divino, porque é algo sagrado. Trata da necessidade principal da existência física: A alimentação. Combustível que dar a qualidade da expressão. O que vc é. Como vc percebe as coisas... Não tenho dúvida: Esse trabalho de Aline é absoluto. Faz bem para todos e tudo. Gratidão!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Lilih!

      Que bom que gostou! Esplêndido é o seu comentário, tão entusiasmado e feliz!

      beijos

      Excluir
  2. Respostas
    1. Oi, Andrea!

      Fico feliz que tenha gostado!

      Agradeço o carinho!

      beijos

      Aline

      Excluir
  3. Ola.
    Parabéns pela atitude. Isso é um oásis no deserto.
    Goataria de saber como faria para morar em um lugar como esse?
    Não entendi direito, se é a sua casa somente ou haveria possibilidade de morar ai?
    Aguardo sua resposta
    Brigado.

    ResponderExcluir

Olá!

Escreva aqui o seu comentário sobre a postagem.

Alimentação Viva: um outro estilo de viver

Afinal, o que é Alimentação Viva para você?  Para nós, não se trata de um hábito alimentar, muito menos de uma dieta. A Alimentação...

Jovens postagens

.

O conteúdo deste blog é ofertado aos leitores que desejam aprimorar-se nas práticas da Alimentação Viva e inspirar-se no estilo de vida ecológico.

Agradeço de profundo coração os compartilhamentos que CO-LABORAM para divulgar este trabalho, citando as respectivas fontes e autoria!

Aqui mora um pequeno resumo dos muitos anos dedicados à pesquisa, onde uso o meu próprio corpo como experimento.

Peço gentilmente que não utilizem as nossas publicações para fins comerciais. Só porque não vale à pena promover-se financeiramente às custas do esforço e criatividade alheios.

A Vida vem da Vida!

Com carinho,

Aline Chaves
A moça que planta nas panelas

Licença Creative Commons
Panelas de Capim de Aline Almeida Chaves está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.
Baseado no trabalho disponível em http://panelasdecapim.blogspot.com.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

O que tem dentro das Panelas de Capim?