18 de abr de 2014

Lasanha de abobrinha com recheio de girassol sem casca germinado

Receitinha clássica do alimento vivo... essa lasanha de abobrinha é maravilhosa. Rapidinha, fácil de fazer e muito saborosa.

É uma mais benção que vai do mato para o prato...

Tudo por uma comidinha fresca, colorida, biodiversa!!!!


Ingredientes:


1 xícara de sementes de (girassol sem casca germinadas na água (para aprender, clique aqui)
2 limões
1 abobrinha média
1 tomate
½ pimentão vermelho pequeno
½ cebola roxa
Manjericão
orégano
Sal
Azeite extra-virgem

Modo de Fazer:


Para germinar o girassol sem casca, basta deixar as sementes de molho na água entre 8 a 12 horas. Lavando sempre antes de usar... Dúvida sobre germinação de sementes na água, por gentileza clique aqui!

Comece pelo tempero... Corte o tomate e a cebola em arcos bem finos e delicados. Junte o manjericão picado. Acrescente o azeite, o sal e ½ banda de limão. Deixe de molho para o final. 

Agora, vamos fatiar as abobrinhas para criar as bases da lasanha! 

Utilize um fatiador de legumes... é a parte com a lâmina reta que faz o serviço!!!

Segure as abobrinhas com firmeza e fatie-as ao comprido (sentido longitudinal). A finalidade é extrair lascas longas e finas de abobrinhas. 

Cuide para as suas fatias de abobrinha não se despedaçarem. Para isso, repito: firmeza nas mãos. Vá rodando a abobrinha para retirar suas camadas mais grossas. O meio branco e macio você corta em rodelinhas e coloca na salada... 

Fatias de abobrinhas prontas para a lasanha!

Agora, deixe as abobrinhas fatiadas de molho no caldo de 1 limão. De preferência, por 15 a 20 minutos. Elas ficarão muito mais finas, de paladar mais sensível. É muito legal observar esta transformação!!!! 

Chegamos no girassol sem casca germinado na água: 


Bater no liquidificador com ½ banda de limão, sal e um pouquinho de água, se necessário. É preciso que fique um creme bem homogêneo e concentrado. 

Se você tiver um mini-processador vai ser melhor ainda. Utilize a função pulsar e vá processando até formar uma papa de girassol. 

Agora é só montar a lasanha viva:



1ª camada:
fatias de abobrinha 

2ª camada: 
creme de girassol sem casca germinado 

3ª camada: 
molhinho esperto 

Quanto maior o volume de ingredientes, mais camadas terá a lasanha. 

Tenha cuidado apenas na hora que for colocar o molhinho esperto... Não o despeje sobre o creme. Colete apenas a parte sólida do molho, senão o caldinho vai transformar sua lasanha em um lago.

Afinal, não pode ir excesso de líquido... Perde todo o charme de lasanha, ok? Escolha uma travessa bem bonita, que, além de saborosa, fica lindona! 


Tá com frio? 


Aqueça um pouco de água em uma panela. Deixe esquentar. 

Por cima da panela com água, coloque sua travessa de lasanha para receber a fumacinha da água que começa a esquentar. É um jeitinho mais leve de banho Maria... Em 2 minutinhos sua lasanha estará morninha. Êeeehh Beleza!!! 

Variações de lasanhas na culinária viva: 


No lugar da abobrinha... berinjela descascada e cortada em rodelas é uma ótima pedida! Faça o marinado com limão que fica ótimo! 

Chicória também faz uma lasanha bem interessante. A diferença é que além do limão, vai azeite também na hora de marinar. Fica fabulosa! 

Que o Anjo do Apetite esteja presente na sua mesa de refeições!

Com carinho,

Aline Chaves
Pesquisadora dos Ciclos Alimentares e Alquimista de Vegetais Vivos

4 comentários :

  1. Vc maravilhosa como sempre! Já amo lasanha e macarrão de abobrinha, com essas dicas e com o querido girassol, é o paraíso, rs.
    Beijinhos e parabéns.

    De uma Aline para outra. ;*

    ResponderExcluir
  2. Meu girassol já está germinando!!! Rs Essa eu vou fazer amanhã!!! Bjks e gratidão sempre!!

    ResponderExcluir
  3. Aline, parabéns por mais esta produção! Me diga uma coisa: é necessário retirar a pelinha que fica na semente de girassol quando ele sai da germinação? Bjs Adriana

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Adriana!

      É possível tirar, sim.

      Basta lavar bem as sementes e deixar de molho na água para as pelinhas subirem.

      Eu particularmente, não costumo tirar não... Não tem aparecido tantas peles assim! rs

      beijos

      Excluir

Olá!

Escreva aqui o seu comentário sobre a postagem.

Alimentação Viva: um outro estilo de viver

Afinal, o que é Alimentação Viva para você?  Para nós, não se trata de um hábito alimentar, muito menos de uma dieta. A Alimentação...

Jovens postagens

.

O conteúdo deste blog é ofertado aos leitores que desejam aprimorar-se nas práticas da Alimentação Viva e inspirar-se no estilo de vida ecológico.

Agradeço de profundo coração os compartilhamentos que CO-LABORAM para divulgar este trabalho, citando as respectivas fontes e autoria!

Aqui mora um pequeno resumo dos muitos anos dedicados à pesquisa, onde uso o meu próprio corpo como experimento.

Peço gentilmente que não utilizem as nossas publicações para fins comerciais. Só porque não vale à pena promover-se financeiramente às custas do esforço e criatividade alheios.

A Vida vem da Vida!

Com carinho,

Aline Chaves
A moça que planta nas panelas

Licença Creative Commons
Panelas de Capim de Aline Almeida Chaves está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.
Baseado no trabalho disponível em http://panelasdecapim.blogspot.com.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

O que tem dentro das Panelas de Capim?