12 de mar de 2014

Brusquetas de inhame cru

Uhh! Lalá... Só posso dizer que, além de brusquetinhas, elas são deliciosas!!!

Nasceram pelo acaso da oportunidade de quem estava fazendo outra coisa completamente diferente!!!

Aí, sobrou massa... Sabe como é, né??? rs


Ingredientes:


1 xícara de aveia germinada na água (clique aqui e aprenda)
1/2 xícara de amendoim germinado no ar (clique aqui e aprenda)
1 tomate
1 cebola
1 inhame médio
manjericão
orégano
sal
azeite



Modo de fazer:


Suas brusquetas devem ser preparadas logo pela manhã. 
Tanto a massa como o recheio precisam de sol!

Então, aproveita e arranja muita coisa para fazer nesse período, pois quando chegar a hora do almoço...

Suas brusquetinhas já estarão prontas. O inhame cru? Fica macio, macio... É só montar e servir!



Massa: 

Escorra as aveias germinadas na água. Esprema-as em um coador de voal para retirar o excesso de líquido contido dentro das sementes. 

Descasque os amendoins... Como são poucos, você pode descascar um por um; ou agilizar da forma como ensinaremos ao final deste post. Sementes descascadas. Então, vamos continuar...

Processe as aveias e os amendoins sem usar água. Use um processador compacto, moedor de alimentos ou liquidificador com auxílio de uma cenoura como socador (utilize o liquidificador e a cenoura como fossem um pilão e processe as sementes sem precisar de água).

Tempere à gosto e modele a massa...

Eu usei um um aro cortador pequeno, redondo e sem fundo para modelar minhas brusquetas. Soquei a massa dentro do aro e levantei-o para formar tais cubinhos.

Após modeladas, leve a massa para tomar sol em uma travessa de louça, vidro ou inóx.

Recheio: pique o inhame, o tomate, a cebola em quadradinhos micro pequenos. 


Em uma travessa de vidro (ou prato)... junte o manjericão picado, orégano e os ingredientes cortados em quadradinhos. Tempere com sal e azeite. Leve para o sol também (umas 3 horas, pelo menos). Deixe cobertinho com um voal para não receber visitas de outras espécies interessadas nesta gostosura...

Até que chega a hora da montagem... Hora de comer e ser feliz!!!




É muito Fofa!!!

Não tem sol?


Use o forno do seu fogão, deixando-o entreaberto e no mínimo.

Lembre-se: a temperatura ideal é aquela não machuca suas mãos e, desse modo, não machucará sua comida também.


Com carinho,

Aline Chaves
Pesquisadora dos ciclos alimentares e alquimista de vegetais vivos



Como descascar amendoim de um jeito mais rápido?

Coloque as sementes em um coador de voal. Estique o coador com as sementes sobre a bancada da pia. Esfregue com um vidro sobre as sementes que estão dentro do coador. O objetivo é quebrar as sementes, não o vidro. 

Encha uma bacia com água e coloque as sementes semi-descascadas. Esfregue bem com as suas duas mãos. Até as cascas começarem a soltar, pouco a pouco. Para separar as cascas e as sementes, a bacia deve estar cheia de água. Coloque uma peneira em cima de outra bacia para evitar desperdício de água. Agora, aos poucos vá despejando água da bacia com sementes na peneira da bacia vazia. As cascas vão e as sementes ficam. Jogue a água de volta na bacia com sementes e repita o processo até as sementes ficarem limpas.

5 comentários :

  1. Olá Aline. Queria saber qual é o melhor amendoim para germinar. O vermelho, o marrom... e essa aveia em grãos? é possivel comprar em qualquer mercado? Tem alguma marca que vc costuma usar?
    Sucesso!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Existem muitas variedades de amendoim.

      O melhor amendoim é qualquer amendoim que esteja cru e debulhado. Aqueles que vendem para festas juninas são ótimos.

      A aveia em grãos deve estar descascada, tá! Vendida em lojas de alimentos para pássaros ou na seção de animais dentro dos mercados.

      A marca Gran pássaros vende estas aveias em pacotes de 500g.

      Boa sorte.

      Excluir
  2. Que gostoso! Pode-se usar o desidratador?
    Não sei porque, mas acho que espremer um limão no recheio dará um toque interessante...
    Chegou a provar com limão?
    Parabéns pela ideia!! As fotos estão lindas. :)
    Abs.,
    Fernanda.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Fernanda!

      Você pode tudo.

      Neste sol frio do outono... difícil desidratar no sol. Um desidratador vai muito bem!

      Viva o limãozinho, só não pinga demais para não afogar as brusquetinhas.

      beijos

      Excluir
  3. Nossa deve ser muitooo bommm! Parabéns Aline pelo blog, pelo modo que você vive, pela sua generosidade! Obrigada!

    ResponderExcluir

Olá!

Escreva aqui o seu comentário sobre a postagem.

Alimentação Viva: um outro estilo de viver

Afinal, o que é Alimentação Viva para você?  Para nós, não se trata de um hábito alimentar, muito menos de uma dieta. A Alimentação...

Jovens postagens

.

O conteúdo deste blog é ofertado aos leitores que desejam aprimorar-se nas práticas da Alimentação Viva e inspirar-se no estilo de vida ecológico.

Agradeço de profundo coração os compartilhamentos que CO-LABORAM para divulgar este trabalho, citando as respectivas fontes e autoria!

Aqui mora um pequeno resumo dos muitos anos dedicados à pesquisa, onde uso o meu próprio corpo como experimento.

Peço gentilmente que não utilizem as nossas publicações para fins comerciais. Só porque não vale à pena promover-se financeiramente às custas do esforço e criatividade alheios.

A Vida vem da Vida!

Com carinho,

Aline Chaves
A moça que planta nas panelas

Licença Creative Commons
Panelas de Capim de Aline Almeida Chaves está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.
Baseado no trabalho disponível em http://panelasdecapim.blogspot.com.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

O que tem dentro das Panelas de Capim?